Atenção! Esta questão foi postada ha mais de 30 dias!

Exercício de REDAÇAO

por Leticia (2013) Normal Friday, July 26th, 2013

Exercício:

REDAÇÃO SOBRE : Decadência das Instituições Sociais

O autor do texto ¨Tribos Juvenis urbanas¨ atribui o surgimento desses grupos principalmente á Decadência das Instituições Sociais
Escreva um texto de 20 a 25 linhas em que você apresente seu ponto de vista e argumentos sobre essa questão.

Informações Adicionais:

POR FAVOR ME AJUDEM !!!!!!!!!!



Responder a questão

CAPTCHA image


Atenção! Esta questão foi postada ha mais de 30 dias!

Exercício de Redação

por gusttavo (Estacio de Sá, Faeso) Fácil Thursday, May 10th, 2012

Exercício:

Eu gostaria de saber algumas dicas de qual palavras para começar uma redação na introdução , desenvolvimento e conclusão. e quais não podem ser usadas?

Informações Adicionais:

Atulamente…

Entretanto…

etc…

 




Respostas:

2 Respostas a “Redação”
     Add karma Subtract karma  +1
  1. celia diz:
  2.  Add karma Subtract karma  +0
  3. tallita diz:

    Evite ao máximo usar “atualmente” em qualquer parte do texto, fazendo a redação em determinado tempo já basta, mas se for citar algo passado descreva qual o momento da ação e pronto.

Responder a questão


CAPTCHA image


Atenção! Esta questão foi postada ha mais de 30 dias!

Exercício de redacao

por liz (redacao) Normal Wednesday, June 29th, 2011

Exercício:

boa tarde…estou com dificuldades pra inicar uma redacao,o que escrever???e tudo mais como montar a redacao..vou prestar uma vestibular e preciso muito de ajuda…urgente…

aguardo

liz

Informações Adicionais:




Respostas:

3 Respostas a “redacao”
     Add karma Subtract karma  +5
  1. Danilo Lopes diz:

    Liz, também prestarei vestibular (2ª vez :/ ) e te digo: não há formula de como escrever. Quando te dá um branco o melhor a se fazer é encarar a folha (literalmente) e só parar quando você escrever alguma coisa. Ficou ruim? Mas pelo menos você escreveu. Se você ler no jornal da sua cidade/estado as notícias sobre política (área de editorial, carta ao leitor, MUNDO) você terá um amplo acervo de dados para enriquecer a redação.
    Outra coisa que melhora o “branco”. Pegue qual o tipo de texto que você deve fazer e divida ele em partes. Você tem 20 linhas para escrever um editorial? Faça 3 parágrafos. Na área de rascunho escreva o que você quer escrever em cada parágrafo.
    Ex.: “O tema é: Copa do Mundo 2014 no Brasil: Bom ou Ruim?”
    “Tipo de texto é: Editorial”
    1º parágrafo = Falar sobre a escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo e nas últimas linhas introduzir o tema – A copa é um bom passo, ou, a copa é um passo ruim.
    2º parágrafo = Discutir porque é bom (ou ruim) apresentando dados, relacionando com outras copas.
    3º parágrafo = “Normalmente é a parte de reflexão do texto” O Brasil realmente está em condições de gastar dinheiro em eventos?
    Após formular esse esquema que eu fiz acima, fica muito mais fácil escrever. Exemplo de introdução sobre o tema acima seguindo o esquema já falado:
    ” Uma notícia que tem se destacado no país é o fato de o Brasil ter sido escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2014. Realmente se trata de um fato importante para o país, uma vez que o coloca no centro dos holofotes da mídia mundial, passo importante para qualquer país que anseia adentrar no grupo de potêncas mundiais.” <<< Perceba que sutilmente eu declarei que foi bom o Brasil ter sido escolhido como sede da Copa.
    Exemplo 2: (Tentarei usar a mesma base usada acima, porém não defenderei a Copa no Brasil.)
    ” Uma notícia que tem se destacado no país é o fato de o Brasil ter sido escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2014. A grande dúvida respalda na real capacidade do país suportar evento de tal dimensão, uma vez que o Brasil enfrenta sérios problemas de infraestrutura e transporte, dois pontos essenciais para qualquer evento desse porte. ”
    Espero que tenha entendido. Caso queira mais dicas, é só pedir :)

  2.  Add karma Subtract karma  +4
  3. liz diz:

    oi obrigada vc me ajudou bastante valeu mesmo!so estou com uma pouco de dúvida em como começar uma redacao é preciso fazer cabeçalho e também nao sei como iniciar com a palavra certa a introdução.obrigada mais uma vez 

  4.  Add karma Subtract karma  +1
  5. Franciele marques diz:

    Oiiii eu irei fazer a prova do ENEM nos dias 22 e 23 de outubro e estou no segundo ano do ensino médio tenho dezoito anos e quero fazer a prova pra eliminar o segundo e terceiro ano do ensino médio e concerteza a redação ajuda muito no numero de pontos o meu intuito é iniciar a faculdade de turismo.Nossa preciso de ajuda (como vou saber qual será o tema gente)no ano passado o tema foi desigualdade social quero saber como posso começar a introduçao,desenvolvimento e por fim a conclusão???
    Desde já agradeço a oportunidade de estar contanto omeu problema.um bjo fica com Deus…

Responder a questão


CAPTCHA image


Atenção! Esta questão foi postada ha mais de 30 dias!

Exercício de redação

por ligia (Tema C- UERJ/07) Difícil Thursday, January 7th, 2010

Exercício:

A caverna TEXTO I

Enfim, a cidade ficou para trás, os bairros da periferia já lá vão, daqui a pouco aparecerão as barracas, em três semanas terão chegado à estrada, não, ainda lhes faltam uns trinta metros, e logo está a Cintura Industrial, quase tudo parado, só umas poucas fábricas que parecem fazer da laboração contínua a sua religião, e agora a triste Cintura Verde, as estufas pardas, cinzentas, lívidas, por isso é que os morangos devem ter perdido a cor, não falta muito para que sejam brancos por fora como já o vão sendo por dentro e tenham o sabor de qualquer coisa que não saiba a nada. Viremos agora à esquerda, lá ao longe, onde se vêem aquelas árvores, sim, aquelas que estão juntas como se fossem um ramalhete, há uma importante estação arqueológica ainda por explorar, sei-o de fonte limpa, não é todos os dias que se tem a sorte de receber directamente1 uma informação destas da boca do próprio fabricante. Cipriano Algor já perguntou a si mesmo como foi possível que se tivesse deixado encerrar durante três semanas sem ver o sol e as estrelas, a não ser, torcendo o pescoço, de um trigésimo quarto andar com janelas que não se podiam abrir, quando tinha aqui este rio, é certo que malcheiroso e minguado, esta ponte, é certo que velha e mal amanhada2, e estas ruínas que foram casas de gente, e a aldeia onde tinha nascido, crescido e trabalhado, com a sua estrada ao meio e a praça à desbanda3 (…) A praça ficou para trás, de repente, sem avisar, apertou-se-lhe o coração a Cipriano Algor, ele sabe da vida, ambos o sabem, que nenhuma doçura de hoje será capaz de minorar o amargor de amanhã, que a água desta fonte não poderá matar-te a sede naquele deserto, Não tenho trabalho, não tenho trabalho, murmurou, e essa era a resposta que deveria ter dado, sem mais adornos nem subterfúgios, quando Marta lhe perguntou de que iria viver, Não tenho trabalho. Nesta mesma estrada, neste mesmo lugar, como no dia em que vinha do Centro com a notícia de que não lhe comprariam mais louça (…). O motor da furgoneta4 cantou a canção do regresso ao lar, o condutor já via as frondes5 mais altas da amoreira, e de repente, como um relâmpago negro, o Achado veio lá de cima, a ladrar, a correr pela ladeira abaixo como se estivesse enlouquecido (…). Abriu a porta da furgoneta, de um salto o cão subia-lhe aos braços, sempre era certo que seria ele o primeiro, e lambia-lhe a cara e não o deixava ver o caminho (…).

(SARAMAGO, J. A caverna. São Paulo: Cia. das Letras, 2003.)

 

Vocabulário:

1directamente – grafia portuguesa para “diretamente”

2amanhada – arranjada, adornada

3à desbanda – ao lado

4furgoneta – veículo de passageiros e pequena carga

5frondes – copas das árvores

 

TEXTO II

Quarto de badulaques (XIV)

Em Quarto de Badulaques (XIV), o autor estabelece um paralelo entre a vida dos homens e a do planeta em que vivemos, fazendo uma apologia à preservação do meio ambiente frente ao poder de destruição do capitalismo.

         Terminando a minha crônica do último domingo eu me referi a Ravel que, ao final da vida, dizia, como um lamento: “Mas há tantas músicas esperando ser escritas!” E acrescentei um comentário meu: “Com certeza o tempo não se detém para esperar que a beleza aconteça…” (…) A vida é como a vela: para iluminar é preciso queimar. A vela que ilumina é uma vela alegre. A luz é alegre. Mas a vela que ilumina é uma vela que morre. É preciso morrer para iluminar. Há uma tristeza na luz da vela. Razão por que ela, a vela, ao iluminar, chora. Chora lágrimas quentes que escorrem da sua chama. Há velas felizes cuja chama só se apaga quando toda a cera foi derretida. Mas há velas cuja chama é subitamente apagada por um golpe de vento… (…)

         Mais que a minha própria morte e a morte das pessoas que amo, o que me dói é a possibilidade da morte prematura da nossa terra. Porque é certo que ela vai morrer. Tudo o que nasce, morre. O trágico será se ela morrer antes da hora, assassinada por nós mesmos, os seus filhos. (…) Entrei no livro O universo: seu início e seu fim (…) e comecei a viajar pelo tempo. O livro me levou para 15 bilhões de anos atrás. A temperatura era da ordem de um bilhão de graus. Foi então que aconteceu a grande explosão, o Big Bang, com a qual o universo se iniciou. E pensando sobre esse evento fantástico enquanto caminhava – é preciso cuidar do coração – meus pensamentos foram interrompidos pelas sibipirunas1 floridas, o amarelo contra o verde das folhas e o azul do céu… E me assombrei de que coisas tão lindas e mansas tivessem nascido de uma explosão há 15 bilhões de anos… Do caos nasceram ordem, vida e beleza, da mesma forma como uma bolha de sabão sai, perfeita, do canudinho que o menino sopra… Aí fiquei com medo que a bolha estourasse antes da hora. Porque é isso, precisamente, que essa coisa a que damos o nome de progresso está fazendo. Todos os candidatos a presidente, todos, indistintamente, de direita e de esquerda, prometem “progresso”. Mas nenhum deles promete preservar a natureza. Qualquer menino sabe que a bolha de sabão é frágil. Não pode crescer sempre. Se crescer além do limite ela estoura. E nossa terra é precisamente uma bolha frágil que navega pelos espaços vazios, bolha onde apareceram, miraculosamente, as condições para que a vida viesse a existir. Mas, se essas condições desaparecerem, a vida deixará de existir. Muitas críticas justas já se fizeram ao capitalismo, de um ponto de vista ético, em virtude de sua tendência de produzir pobreza e concentrar riqueza. Mas raramente se fala sobre o capitalismo como um sistema autodestrutivo que, para existir e gozar saúde, tem de estar num processo de crescimento constante: mais empregos, mais trabalho, mais devastação da natureza, mais monóxido de carbono no ar, mais lixo – seis bilhões de quilos por dia! –, mais exploração dos recursos naturais, mais florestas cortadas, mais poluição dos mananciais… Até quando a frágil bolha suportará?…

Rubem Alves. (www.rubemalves.com.br)

 

Vocabulário:

1sibipirunas – árvores com flores amarelas e vistosas

 

PARA ELABORAR SUA REDAÇÃO, ALÉM DOS TEXTOS ANTERIORES, CONSIDERE O QUE SE SEGUE, COM UM NOVO PONTO DE VISTA SOBRE O TEMA PRODUÇÃO E DESTRUIÇÃO.

 

TEXTO III

Em entrevista ao Terramérica, o escritor português José Saramago afirmou:

“As tragédias ecológicas são importantíssimas, mas as humanas talvez sejam mais. Uma árvore

pode, mais ou menos, ressuscitar, uma floresta, um bosque, se cuidarmos deles. Mas os mortos

não ressuscitam, não há maneira de devolvê-los à vida. Se é verdade que devemos nos preocupar

com a catástrofe ecológica, não é menos certo que se deve pensar, sobretudo, na catástrofe que

será a morte de uma quantidade de seres humanos, que nem podemos imaginar. (…) O meio

ambiente é muito importante, mas vamos nos preocupar com algo mais. Tenho um jardim e cuido

muito de minhas árvores. Entretanto, estou mais preocupado com as pessoas que vivem dentro de

minha casa.”

(www.tierramerica.net)

 

Todos os textos desta prova problematizam dois focos de exploração do sistema capitalista: o homem e a natureza.

Lembre-se, porém, de que o objetivo da apresentação desses textos é oferecer a você subsídios para o desenvolvimento de suas idéias. Sua redação, portanto, deverá demonstrar elaboração própria.

 

Redija uma carta a José Saramago ou a Rubem Alves, desenvolvendo com clareza, argumentos que:

 

- no caso de José Saramago, procurem convencê-lo de que a vida do planeta é mais importante do que a vida humana;

 

- no caso de Rubem Alves, busquem convencê-lo de que nada se compara à vida humana,

nem mesmo a preservação do planeta.

 

Para o cumprimento dessa tarefa, seu texto -de, no mínimo, 20 e, no máximo, 30 linhas -deve:

?ter estrutura argumentativa completa;

?seguir o padrão de carta;

?ser redigido em língua culta padrão;

?ser assinado por você como: um (uma) estudante.

Informações Adicionais:




Respostas:

2 Respostas a “redação”
     Add karma Subtract karma  +0
  1. Isabella diz:

    Ao senhor Jose Saramago,
        venho através desta carta informa-lhe como é belo o mundo em que vivemos com formosos rios e lagos de onde tiramos o elixir de nossa vida a agua um mundo que nos deu grandes florestas de onde podemos tirar remedios naturais ou quem sabe passar um lindo dia de sol fazendo uma linda e longa caminhada.Caro Jose espero um dia encontrar-te sentado na areia da praia apreciando um exuberante por do sol que é nosso astro maior ou quem sabe em um lindo cruzeiro pelos nossos mares que abrigam tantas vidas.
       Por que é claro como a agua que  nossa vida é breve e que devemos usufruir dela como achamos devido mas lamentarmos o fato de ela ser finita me parece o pior jeito de se viver absolumente oque see pode viver vamos quem sabe aproveitar esse tempo fazendo grandes aventuras, vivendo grandes amores e quem sabe o caro amigo complete o ciclo do ser humanoque é:nascer,crescer,procriar e morrer.
    Jose espero atingido seu coracáo e mostrado ao senhor como é o meu mundo e espero que venha habitar neste mundo onde o homem tambem  faz parte do ecossistema e tudo é um conjunto maravilhoso de vida terrestre promtos para a evoluçao.Porque o homem em sua move toda a natuireza em seu tprno. 
    Deixo aqui os meus comprimentos fraternos de uma simples estudante da vida.

  2.  Add karma Subtract karma  +0
  3. riane machado diz:

    senhor josé saramago 
        escrevo lhe esta carta pra mostrar lhe a importacia do planeta terra para os humanos .o planeta vem sofrendo varias modificaçoes,entre essas estao a poluiçao do ar ,as poluiçoes das aquas, o derretimento das geleiras, o desmatamento das floretas que esta deixando muitos animais sem abrigos e com isso eles vao para as cidades e correm o risco de serem atropelados e entre outros .e agora faço lhe uma pergunta e se fossem com nós se derrubassem nossas casas ,para onde iriamos?.                temos que pensar muito no nosso planeta .pois como vamos nos alimentarmos? como vamos beber uma boa aqua respirar um bom ar,se nosso planeta estiver doente?.oque seremos nós sem o planeta terra ?eu digo lhe senhor josé saramago nada ,pois um precisa do outro.e para q nosso planeta nao morra prematuramente temos o dever de cuida lo melhor para o bem da nossa propria especie.                                                                                               etudante riane costa         

Responder a questão


CAPTCHA image


Atenção! Esta questão foi postada ha mais de 30 dias!

Exercício de Redação

por Bruno (UNICAMP 2009) Difícil Tuesday, July 14th, 2009

Exercício:

Gostaria de saber se devo usar a coletania que vem junto na redaçao para me apoiar na criação da minha redação  ? devo usar os dados e datas contidas nela  em minha redação , ou serve apenas para perder tempo e me sintonisar sobre o assunto ?

Obrigado

Informações Adicionais:

UNICAMP 2009




Respostas:

4 Respostas a “Redação”
     Add karma Subtract karma  +1
  1. EDIMAR diz:

    BEM SE VOCÊ ESTIVER FALANDO DOS TEXTOS QUE VEM JUNTO COM A PROVA DE REDAÇÃO. LA DIZ O SEGUINTE “TENDO ESSES TEXTO COM UNICO OBJETIVO, MOTIVADOR REDIJA UMA REDAÇÃO….. TARARA….TARARA..E..TARARA”DETALHE ISSO NO VESTIBULAR UNB,(UNIVERSIDADE DE BRASILIA) E UEG (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS)
    SOMENTE PRA VOCÊ LER PERDER UM POUCO MAIS DE TEMPO. POR QUE DE TODAS AS REDAÇÕES QUE JA FIZ NENHUM DOS TEXTOS, NÃO TINHA NADA A VER COM A REDAÇÃO QUE ELES PEDIAM, ATÉ PORQUE O TEMA PEDIDO NÃO TEM NADA A VER COM O TEXTO. MAS É BOM LER.

  2.  Add karma Subtract karma  --2
  3. Moisés diz:

    É isso mesmo que o colega aí falou.
    Coletânea é com “E”, sintonizar é com “Z”
    Abraço

  4.  Add karma Subtract karma  +0
  5. vera lucia valente de mello diz:

    gostaria de recerber ex..de redação com temas de atualidades!!

  6.  Add karma Subtract karma  +0
  7. ednaldo roraima diz:

    queria ter acesso sobres os temas atuais que caem em provas de vestibular do 2011.2
     

Responder a questão


CAPTCHA image