dcsimg


Atenção! Esta questão foi postada ha mais de 30 dias!

Exercício de DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - REDAÇÃO TÉCNICA - SENASP 2016

por Matsubara (SENASP) Difícil Sunday, October 23rd, 2016

Exercício:

Leia o texto abaixo e responda à pergunta que o segue.

_____________________________________________________________
A VIDA VISTA DA CELA 

Por ser rara, a saída de um “pioio” (nome dado àqueles detentos que, sentenciados a penas superiores a 20 anos, passam a maior parte da vida na cadeia. Ali casam, têm filhos, netos, às vezes bisnetos) acaba despertando o interesse “sociológico” de gente habituada à rotina do sistema carcerário. “Quando o detento passa pelo quinto e último portão, a expressão dele muda completamente; alguns agem como se o mundo ameaçasse engoli-los”, descreve Jesus Ross Martins, 38, diretor da Casa de Detenção.
Martins conta que costuma interromper o trabalho para acompanhar essas raras libertações da janela de sua sala, no primeiro andar. “Ele olha para trás, para os lados, para cima, mas não sabe ao certo aonde ir. Se não tiver ninguém esperando por ele, fica ali, estático, por 10, 15 minutos, como se o tempo fosse dar-lhe uma direção.
Para o especialista em criminologia Roberto da Silva, 42, esses homens perdem mesmo o senso de orientação geográfica e, depois de décadas cercados pelos mesmos muros, não têm a mínima noção dos pontos cardeais.
“Na rua, não sabem tomar ônibus para lugar nenhum. Perderam os referenciais: onde antes vivia um velho conhecido, há tempos foi erguido um shopping”, conta Silva, que entrevistou 240 detentos entre 30 e 59 anos para escrever a tese “A Eficácia Sociopedagógica da Pena de Privação da Liberdade”, defendida em agosto, na USP.
Silva diz que, quando perguntados sobre o que perderam na vida encarcerada, 57 cravaram “noção de tempo”. “Perder a noção do tempo”, no caso, é como definem o sentimento de se sentirem ultrapassados, desatualizados. O tempo passou, mas ele só viu da janela ou pela TV.(Roberto de Oliveira. Revista da Folha. Folha de São Paulo. Setembro/2001.

_____________________________________________________________

            O texto A VIDA VISTA DA CELA, por ser objetivo, apresenta uma linguagem denotativa, no entanto, a oração “alguns agem como se o mundo ameaçasse engoli-los” (l. 5 e 6) foi empregada em sentido conotativo, o que significa que:
_
a) A linguagem, nesse exemplo, expressa insulto em vez de apresentar verdades.

_
b) O significado da afirmativa não é o conteúdo da frase, mas as interpretações que se fariam das expressões.
_
c) A mesma afirmativa poderia assumir sentido denotativo, dependendo do contexto em que fosse proferida.
_
d) A oração em sentido conotativo permite que se amplie uma ideia, pois, nesse caso, o “mundo” passa a ser mais temeroso ainda para os detentos.

Informações Adicionais:

Questão bem difícil!




Respostas:

3 Respostas a “DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO – REDAÇÃO TÉCNICA – SENASP 2016”
     Add karma Subtract karma  +0
  1. Participante 1 diz:

    Acredito que a resposta seja a “letra b”, pois a outra possibilidade (“letra d”, na minha opinião) defende uma “ampliação de ideia com o sentido conotativo valorizando a característica de mundo MAIS TEMEROSO AINDA para os detentos”…
    Não vejo em momento algum esta maximização da ideia de TEMOR com relação aos detentos. Para falara a verdade, de acordo com o texto, dever-se-ia utilizar o vocábulo “ex-detentos” em vez de “detentos”…
    E mais: o sentido conotativo é figurado, ou seja, vai ao encontro da expressão “alguns agem como se o mundo ameaçasse engoli-los”, uma vez que o “mundo” não possui “boca” e por isso muito menos “engole” algo ou alguém (de maneira literal).
    É isso!
    Duvido alguém ter alguma explicação melhor que esta!

  2.  Add karma Subtract karma  +2
  3. Danusa diz:
  4.  Add karma Subtract karma  --1
  5. gabriel diz:

    a) O Português dessa “pessoa” foi bem estudado!

Responder a questão


CAPTCHA image