dcsimg

Logo


Atenção! Esta questão foi postada ha mais de 30 dias!

Exercício de Leia o poema de Paulo Henriques Britto:

por ANNEBRAADRAK () Normal Monday, October 28th, 2019

Exercício:

Leia o poema de Paulo Henriques Britto:

Madrigal

Desista: não vai dar certo.
O mundo é o mesmo de sempre,
desejo é uma coisa cega.
Desista, enquanto é tempo.
As mãos não sabem o que pegam,
os pés vão aonde não sabem.
As cartas estão marcadas:
vai dar desgraça na certa.
O mundo é sempre a esmo,
Desejo é uma porta aberta.
Desista, que a vida é incerta.
Ou insista. Dá no mesmo.

(BRITTO, P.H. As formas do nada. S.P.: Companhia das Letras, 2012, p.70.)

 

De acordo com Massaud Moisés, “associado intimamente à música, ao menos nas primícias de sua evolução, o madrigal aparentava-se à pastorela e ao idílio. De onde a preferência, através dos tempos confirmada, pelos temas amorosos. Entretanto, pode abrigar eventualmente assuntos satíricos, à semelhança do que sucede, por exemplo, na poesia de Bocage.”

Informações Adicionais:

O madrigal de Paulo Henriques Britto caracteriza-se por
A) explicitar, de forma vaga e poética, a ação do acaso sobre a vontade humana.
B) demonstrar, de forma dogmática, a incapacidade da concretização dos sonhos.
C) buscar, de forma obstinada, a motivação que possibilita a realização do desejo.
D) abordar, de forma incisiva e irônica, o tema do desejo e a consequente frustração.

Responder a questão


CAPTCHA image
*